Rita P.

Sou um Unicornio com a cabeça a meio caminho de Marte

1. Qual a característica que mais marca a tua feminilidade?
Eu diria que é ser extremamente pirosa, apesar de não se notar muito. Mas a minha cabeça é só cor-de-rosa, purpurinas, unicórnios, flamingos, cães bebés e todas essas coisas fofinhas.

2. Se esta sessão tivesse banda sonora, que música escolhias?
Enquanto estávamos na sessão o meu mp3 estava em aleatório e volta e meia ia parar a uns sound effects muita estranhos do género “dark ambience”, “creepy soundeffect”, portanto acho que é isso!

3. Enquanto estavas a ser fotografada, pensaste em algum momento ou em alguém em especial?
Acho que passei o tempo todo a tentar não pensar em nada.

4. Ao olhar para as tuas fotos, o que mais gostas de ver em ti?
Além de gostar de ver que o meu rabo está em forma (ahahah), gostei da expressividade dos olhos em algumas fotografias.

5. Existe uma foto preferida? Se sim, qual e porquê?
Gosto muito de uma fotografia em que estou na varanda, a olhar para cima. Estou com cara de quem está a sonhar acordado! E isso sou muito eu.

6. Qual a sensação de ver o resultado final da sessão?
É uma sensação muito boa! Eu não sabia bem o que fazer e não se notar isso nas fotografias é brutal. Mas nunca pensei que no meio de tanta conversa (sim, porque o Miguel fala muito) houvessem tantas fotografias boas.

 





Recent Portfolios