Marlene F.

Sou viciada em sorrir e em fazer sorrir! Vivo com as emoções à flor da pele… Não tenho medo disso, muito pelo contrário, aprendi que sentir não é errado, mas justo! Deve ser por isso que me sinto tão bem em cima do palco. Lá posso expressar tudo aquilo que sinto, na forma mais pura! Sou uma eterna sonhadora, continuo a achar que um dia todos viveremos na paz e felicidade absoluta, já que em cada coisa que fazemos por nós e pelos outros, tornamos o mundo num lugar melhor! O que me faz ser alguém realmente feliz, é acreditar que “nada acontece por acaso” e assim seguir o meu caminho aceitando tudo aquilo ao qual fui proposta!

1. Qual a característica que mais marca a tua feminilidade?
O meu sorriso! Consegue ser espontâneo, enorme e por vezes tímido, dependendo da circunstância. É sem dúvida o meu elo de ligação à vida.

2. Se esta sessão tivesse banda sonora, que música escolhias?
Tive o privilégio de ser fotografada ao som de Eddie Vedder, algo que me deixa arrepiada só de lembrar! A banda sonora do “Into the wild” foi a eleita.

3. Enquanto estavas a ser fotografada, pensaste em algum momento ou em alguém em especial?
Como foi a primeira vez que fui fotografada, não pensei em nada, só queria aproveitar o momento e fazer dele o mais especial possível.

4. Ao olhar para as tuas fotos, o que mais gostas de ver em ti?
A expressão do meu olhar! Gostei de perceber que não necessito falar de mim para que facilmente entendam aquilo que sou. O Miguel fez algo tão difícil parecer tão simples… conseguiu captar toda a minha essência através do olhar… senti-me mais “despida” por dentro que por fora!

5. Existe uma foto preferida? Se sim, qual e porquê?
Fiquei encantada com todas, mas adoro particularmente a que estou no sofá com “pés de bailarina”.

6. Qual a sensação de ver o resultado final da sessão?
A incrível sensibilidade do Miguel a fotografar fez toda a diferença. Eu não conseguia ficar parada mais de 5 segundos e mesmo assim ele fez um trabalho maravilhoso  Nunca pensei mostrar o meu lado mais intimista, mas a verdade é que com a qualidade do trabalho do Miguel, não só passei a gostar mais de olhar para mim própria como passei a conhecer-me melhor. Obrigada, obrigada, obrigada!

 





Recent Portfolios