Maria V.

1. Qual a característica que mais marca a tua feminilidade?
O olhar, as linhas acentuadas das minhas pernas e o ar de quem está em permanente sedução com o mundo.

2. Se esta sessão tivesse banda sonora, que música escolhias?
Na minha cabeça toda a sessão teve banda sonora… tenho sempre a necessidade de associar uma musica às coisa boas da minha vida. Naquele dia de chuva e céu cinzento foi a Thinking Out Loud do Ed Sheeran.

3. Enquanto estavas a ser fotografada, pensaste em algum momento ou em alguém em especial?
Penso sempre…mas é segredo!

4. Ao olhar para as tuas fotos, o que mais gostas de ver em ti?
Gosto da simplicidade do olhar e de ter sido captada no meu ambiente, com as minhas coisas e sobretudo como eu sou naturalmente, sem produções e poses forçadas.

5. Existe uma foto preferida? Se sim, qual e porquê?
Sou muito crítica em relação a tudo o que tem a ver com a minha imagem, não gosto de tudo o que me aparece à frente  só porque sim. Foi até hoje o trabalho fotográfico mais extraordinário que fiz e existe uma foto que marca toda a sessão – um vidro que nos separa, salpicado por algumas gotas de chuva e um olhar muito meu, muito Maria!

6. Qual a sensação de ver o resultado final da sessão?
A certeza de que fui fotografada por um grande fotografo. OBRIGADA MIGUEL.

 





Recent Portfolios