Cátia R.

Sou a Cátia, tenho 20 anos e nasci no Porto.  O meu grande amor é a literatura, os livros são possivelmente o que me melhor me caracteriza, ao lado das pessoas de quem gosto e da minha grande paixão por viajar. Sou insatisfeita por natureza e, por isso, estudo Filosofia, também uma das minhas grandes paixões.

1. Qual a característica que mais marca a tua feminilidade?
De feminina tenho pouco, mas posso dizer que a minha feminilidade se caracteriza por um certo cuidado que tenho com a minha aparência. Não nego que sou um pouco Maria rapaz mas também não nego que sou uma menina que gosta de se sentir bonita. É essa menina que me caracteriza como Mulher.

2. Se esta sessão tivesse banda sonora, que música escolhias?
Eu penso que a sessão teve banda sonora durante alguns minutos, The Smiths acho. Mesmo que não tenham sido eles, a minha escolha seria o “The queen is dead”.

3. Enquanto estavas a ser fotografada, pensaste em algum momento ou em alguém em especial?
Sinceramente, não pensei em ninguém ou em algum momento especial. Pensei sempre se estaria bem ou não, que sou um desastre em sessões, entre outras coisas do género.

4. Ao olhar para as tuas fotos, o que mais gostas de ver em ti?
As fotografias estão lindas, o que tenho de agradecer ao Miguel. Fiquei encantada com a forma como ele me fotografou. Dito isto, é muito difícil responder a esta pergunta, porque todas as fotografias conseguiram guardar de mim algo que eu gosto.

5. Existe uma foto preferida? Se sim, qual e porquê?
Sim, há uma. Aquela em que se vê todo o quarto onde estou. Não é o meu quarto, mas neste momento é nele que vivo, é o meu espaço e os espaços são muito importantes para mim. Reflectem sempre aquilo que sou.

6. Qual a sensação de ver o resultado final da sessão?
Estou muito feliz com o resultado. Não podia esperar ou querer mais do Miguel e do trabalho dele, ele conseguiu que as fotografias fossem tudo o que eu queria. Resta-me dar-lhe os parabéns.

 





Recent Portfolios