Adriana A.

Numa mescla de sono e cabelo, com mais ou menos batom, um ouvido melancólico e outro perdido por graça, duas palavras ou um grunho de ursa, entre meia de treta e meia de leite, alma quente de pés frios, num clique, num corar acidental, sou isso…
Num sonho bom de cheiro doce, ri sem conta e espirrei sem fim.
Depois de mil devaneios encontrei-me a preto e branco, em sombra e luz e um final feliz. (Escrever à noite pode levar os mais sonhadores a acharem que são poetas)

1. Qual a característica que mais marca a tua feminilidade?
Conseguir dizer sempre “femimininilidade” e achar que estou certa

2. Se esta sessão tivesse banda sonora, que música escolhias?
Qualquer uma de AIR, sempre

3. Enquanto estavas a ser fotografada, pensaste em algum momento ou em alguém em especial?

Pensei:“Não revires os olhos”

4. Ao olhar para as tuas fotos, o que mais gostas de ver em ti?
A forma como até pareço alguém que deve ser levado a sério

5. Existe uma foto preferida? Se sim, qual e porquê?
Gosto bastante das que estou com o cabelo amarrado, têm algo de misterioso.

6. Qual a sensação de ver o resultado final da sessão?
Incrível

 





Recent Portfolios